COMPARTILHAR

Lendo recentemente uma matéria que dizia que o fim da privacidade é diretamente proporcional ao crescimento da rede, me fez pensar se estamos perdendo a privacidade ou apenas voltando aos primórdios.

Temos que concordar que este crescimento está realmente de forma exponencial.

Veja: Uma em cada 4 pessoas que usam a internet no mundo tem uma conta no Facebook, onde são publicadas cerca de 14 milhões de fotos diariamente.

Os 100 milhões de usuários do Twitter postam 2 bilhões de mensagens por mês.

Para você, levando em conta este crescimento todo, como você está tratando sua privacidade?

As pessoas estão mais conectadas do que há 5 anos, porém estão aprendendo a ficar menos expostas, estão tomando um cuidado maior com o que postam na internet.

Claro que ainda existem pessoas que não tem este cuidado e acabam sofrendo com o seus atos. Temos o famoso caso de um diretor de uma empresa que postou uma mensagem infeliz no twitter e foi desligado da empresa.

Sou da corrente que defende as redes sociais, de uma forma sustentável, pois elas estão aí para serem agregadoras e não para causarem discórdias.

Por isso, o grande problema enfrentado é a educação de quem está com este “poder”.

O “poder” de postar mensagens, fotos, eventos e por aí vai.

Enquanto existir este tipo de pessoas, o tópico privacidade sempre virá à tona nas discussões sobre a internet.

Digo isso, pois a tendência é aumentar cada vez mais a forma e o jeito de nos expormos.

A grande coqueluche do momento é a rede Foursquare que é baseada em GPS e é capaz de mostrar num mapa onde você está.

Tudo isso está acessível a qualquer momento para você de uma forma rápida e prática.

Basta você se cadastrar que terá mais este “poder”.

Tem gente que chama todo esse movimento de evolução, mas na verdade estamos apenas adotando um modelo que era praticado nos primórdios das civilizações com pitadas de tecnologia.

Antigamente todos viviam ao redor dos castelos, em vilas, em feudos….

Será que os habitantes destas vilas não sabiam o que se passava com todos seus vizinhos?

E a privacidade?!

Este sim é um autêntico modelo de rede social, porém sem a presença desta tecnologia.

Já parou pra pensar que ninguém está sendo forçado, coagido ou obrigado a fazer parte destas atuais redes sociais e muito menos postar mensagens?

Então não venha me dizer que estas redes sociais são uma invasão a sua privacidade.

Só entra quem quer, só segue quem quer e só posta o que quer!

É pra pensar, não?!

Abraços

Gustavo Zobaran

@gustavozobaran

Comentários do Facebook

Comentários