COMPARTILHAR

Investir significa criar departamentos focados em trabalhar de forma estratégica e começar a dar autonomia a esta área. Coerência, pertinência e persistência.

Em importante evento sobre seguros que aconteceu recentemente fui convidado para palestrar e aproveitei o tempo para acompanhar todas as outras palestras. Todas elas, em algum momento, abordavam a internet como uma importante ferramenta para se fazer negócios.

Sendo assim direcionei minha apresentação com o objetivo de mostrar a realidade do nosso mercado, pois na teoria tudo é possível!

Comecei mostrando como o nosso mundo está em constante evolução e mudança, trazendo os exemplos da transformação que empresas como Uber, Airbnb e Alibaba estão causando. Mas a provocação começou quando perguntei ao público o que pensamos sobre o nosso mercado.

Isso porque diversas apresentações abordaram o melhor dos mundos – big data, personalização da jornada, e-commerce de seguros, marketing digital, etc.

Mas qual a seguradora que realmente está investindo na internet?

 

Equipe

O investir aqui é no sentido de criar departamentos focados em trabalhar de forma estratégica e começar a dar autonomia a esta área. Sempre bato na tecla que a empresa que enxergar a internet como pilar estratégico já se destacará das demais. A internet é “líquida”, pois tem a capacidade de penetrar em todas as áreas da empresa.

Tive a experiência de montar times em algumas empresas pelas quais passei e sei o quanto isso demanda em investimento de tempo, de grana e, o principal, de busca dos profissionais.

Além do departamento de marketing, outras áreas de uma empresa se beneficiarão com a iniciativa – o RH para atrair talentos, divulgar seus programas, treinar seus colaboradores; o Comercial, que também poderá realizar cursos a distância e por aí vai…

 

Como iniciar a estratégia

Logo em seguida, dei início à discussão sobre como iniciar a estratégia, pois tinha somente mais alguns minutos.

São 3 os pontos principais que precisamos pensar: conteúdo, interação e conversão.

conteúdo é importante para integrar toda sua estratégia sob uma mesma visão para todos os canais. Saber falar com cada rede, trabalhar o tom e a linguagem.

Interação: pensar em intensificar o volume das interações, valorizando a qualidade mais do a quantidade.

E por fim, a conversão é identificar e saber trabalhar todos os pontos possíveis para converter o usuário; para que ele faça a ação desejada. Estes pontos de conversão podem ser através de seu site, seu blog, no mobile e principalmente no que está acontecendo nas ruas. É estar atento, pois uma rede social se sustenta com as coisas que acontecem fora da empresa.

Próximo passo é pensar em uma estratégia criativa onde deveremos privilegiar a atratividade nas peças, garantindo também um alto nível de produção; intensificar o uso de linguagem visual nas redes; o que importa para os posts não é a quantidade e sim a intensidade; ao investir em mídia procure segmentar sua audiência para que impacte seu público no momento e na hora certa.

E por fim garantir que todo seu discurso do conteúdo tenha coerência com o discurso da estratégia da marca.

E focar na importância de se ter uma estratégia perene, uma espécie de colchão de sustentamento, nas principais mídias.

Trago comigo três palavras que sempre me guiam quando estou pensando em uma estratégia e compartilho com vocês, são elas: coerência, pertinência e persistência.

E nunca se esqueça que a internet e o empírico formam o casal perfeito!

Abraços,

@GustavoZobaran

Comentários do Facebook

Comentários